O HOMEM E A CONCHA

“O HOMEM E A CONCHA”, literatura, filosofia e ciência no mesmo texto. Paul Valéry consegue, no ato de observar uma concha, elevar esta capacidade à potência máxima da criatividade. É exatamente desta força criativa, de fazer no próprio corpo a própria “casa”, que o pensador e poeta irá evocar as instâncias da criação. Ao fazer uma poética do caracol, o autor dos Cahiers constitui a filosofia de um exercício constante do fazer e institui a ciência como ferramenta que se alimenta da seiva observacional para transcender. Por fim, coloca o literário, como uma busca da perfeição – mas a perfeição das coisas mais simples, que só pode ser alcançada, em atos imensamente mínimos. Daí vem a grande marca deste exercício de micro-crítica: mapear o infinito, o universo, à roda de uma concha, para produzir uma nebulosa de pensamentos e de sensações levando ao extremo o afetivo, o objetivo e o palavral – no sentido empregado por Hamlet em seus mais recônditos solilóquios.

Categorias: , Tag:

R$ 18,00

Autor: PAUL VALÉRY
Traduções: AUGUSTO RODRIGUES DA SILVA JR. & ECLAIR ANTONIO ALMEIDA FILHO

Origem: NACIONAL
Editora: LUMME EDITOR
Edição: 1
Ano: 2018
Idioma: PORTUGUÊS
País de Produção: BRASIL
Altura: 15,00 cm
Largura: 11,00 cm
Peso: 0,60 kg
Complemento: NENHUM
Nº de Páginas: 50

Informação adicional

Peso 0.60 kg
Dimensões 0.3 × 11 × 15 cm